RotaFinanceira.Com
Liberdade Financeira para Pessoas Inteligentes

Sobre   ·   Contato   ·   Tópicos

O Que é um Bom Investimento?

Como transformar investimentos ruins em bons usando gerenciamento de risco, estratégia e timming.

Parece óbvio, não é?

Bons investimentos dão lucro, é claro.

Mas essa resposta simplista evita o problema real …

O bom investimento de uma pessoa pode ser o mau investimento de outra.

Hoje, todo mundo quer saber se metais preciosos são um “bom investimento”, há 5 anos eram imóveis e há 15 anos eram ações de tecnologia.

É o mesmo erro repetidamente – todo mundo pensa em termos de produto.

Principais Ideias

  • Explica por que o processo de investimento é mais importante do que o produto de investimento.
  • Aprenda 3 métodos que você pode usar para obter lucros consistentes.
  • Revela 3 características de bons investimentos.

Se você quer se tornar um grande investidor, esqueça a busca por um “bom investimento” e comece a se concentrar em gestão de risco, oportunidade e estratégia.

Pare de pensar nisso como “produto” e comece a pensar em “processo”.

Essa distinção é fundamental para o seu sucesso no longo prazo.

Vamos ver como isso funciona.

Qual é A Diferença Entre Produto & Processo?

Lucas – o corretor – liga para Larissa – cliente – com a sua última dica do departamento independente e sem viés de análise.

“Larissa, a ação XYZ está subvalorizada. Nossa análise mostra coisas boas no caminho para esta empresa, e recomendamos a compra ”, diz Lucas.

Lucas está vendendo um produto – não um processo.

Observe que não há discussão sobre o processo de investimento envolvido (neste caso – seleção de papel ativo). Em vez disso, o foco está no papel, o que significa que questões críticas serão negligenciadas.

  • Onde a análise de longo prazo mostra uma expectativa matemática positiva para recomendações anteriores?
  • Como você saberá se a recomendação está errada e quais critérios você usa para decidir quando sair (gerenciamento de riscos)?
  • Que alocação percentual é apropriada para qualquer nova posição (gerenciamento de riscos e estratégia)?
  • Supondo que a análise esteja correta e o papel suba, como você decide quando vender? Com o que você substitui a posição e por que (estratégia)?

Em resumo, qual é o processo de investimento e como funciona? Essa é a pergunta relevante.

Surpreendentemente, poucas pessoas se concentram nessa questão.

Em vez disso, todo mundo quer encontrar o próximo “bom investimento”. Eles querem uma pílula mágica. Eles querem encontrar a próxima Microsoft ou Google em sua infância.

Desculpe a honestidade, mas, o sucesso no investimento de longo prazo não funciona dessa maneira.

É um processo.

Ainda não acredita? Vamos à prática.

3 Maneiras de Lucrar: Acertando apenas uma coisa

Por exemplo, no auge da crise imobiliária em 2008-2009, todos concordaram que os imóveis eram ruins. Os investidores estavam falindo e os preços estavam em queda livre recorde.

No entanto, pelo preço certo, qualquer ativo pode ser um tremendo investimento – incluindo um ativo em que o preço está caindo rapidamente.

Neste exemplo, o produto (imóvel) foi um péssimo investimento, mas com o processo correto (uma estratégia de gerenciamento de riscos), pode torna-lo excelente.

“André, Quão bom? Como você pode converter um ativo em declínio em um bom investimento?”

Sem considerar as condições do mercado, quando a margem de segurança – incorporada no valor intrínseco do preço – justifica o risco.

O princípio chave é o processo de gerenciamento de riscos – não o produto ao qual é aplicado. É sobre processo – não sobre produto.

Quando se trata de encontrar bons investimentos, pense no processo – não no produto.

Da mesma forma, a maioria das pessoas perdem dinheiro negociando opções. As estatísticas são péssimas.

Poucos especialistas discordam que opções é um péssimo produto de investimento para a maioria das pessoas – exceto os gurus que vendem cursos de negociação de opções, naturalmente 🙂 .

No entanto, uma estratégia viável e de baixo risco é vender ‘out-of-the-money (OTM) PUTs‘ em novas posições que você deseja adquirir. Dessa forma, você pode incluir a renda atual ao seu portefólio enquanto, potencialmente, adquire novas ações por menos do que estão vendendo hoje.

Um produto de investimento, geralmente “ruim” para a maioria dos investidores, pode ser transformado em uma fonte de renda de baixo risco quando a estratégia (processo) CORRETA é aplicada.

A verdade é que não existem produtos de investimento ruim. Eles são neutros e têm características conhecidas.

No entanto, existem más estratégias aplicadas aos produtos.

Continuando com os exemplos, o ouro está em um mercado em alta de pouco mais de 10 anos.

Embora não seja um produto de investimento – essencialmente – bom. E qualquer pessoa que teve ele nos anos 80 e 90 pode atestar. No entanto, ocasionalmente, chega a sua vez de brilhar.

Observe que o que é relevante é um processo de timing válido que possa manter seu capital fora dos mercados em longos de baixa e dentro dos de alta. Novamente, trata-se de processo – não de produto.

Certo! Então, o que podemos aprender com esses três exemplos?

Investir com sucesso é um processo inteiro. Não há soluções mágicas e universais.

3 Características do Bom Investimento

A partir de todos os exemplos acima, há três idéias que você deseja observar:

  1. Se você acertar o momento, pode errar sobre a avaliação e a estratégia, mas ainda assim obter lucro.
  2. Se você acertar a avaliação, pode errar quanto ao momento e à estratégia e ainda assim ter bons resultados.
  3. Se você acertar a estratégia (ter uma expectativa matemática positiva com um bom gerenciamento de riscos), seu lucro será garantido ao longo do tempo, mesmo que um único investimento possa falhar no momento e na avaliação.

A chave é perceber que não existe um investimento inerentemente bom ou ruim.

Investir com sucesso tem tudo a ver com processo: gerenciamento de riscos, estratégia e momento. É preciso trabalho e esforço.

Todo mundo quer saber: “O que é um bom investimento?”, Mas é uma pergunta fundamentalmente falha que leva o seu pensamento na direção errada. É o mito da pílula mágica – ou de uma solução completa.

Investir com sucesso é um processo completo. Não há pílula mágica ou solução única.

Um bom investimento tem tudo a ver com gerenciamento de riscos, estratégia e momento.

É tudo sobre o processo.

Pin It on Pinterest