Como Pessoas Inteligentes Cometem Erros Financeiros Idiotas (para que isso não aconteça com você!)

O Problema é Muito Mais Insidioso do que Você Imagina

Principais Ideias

  • Revela o erro financeiro mais estúpido e caro de André.
  • Descubra o que causa a maioria dos erros financeiros para que você não caia na mesma armadilha.
  • As duas fórmulas simples que podem salvá-lo dos erros mais caros.

Parecia uma ideia inteligente na época …

Vendi meu negócio de business inteligence e tornei-me financeiramente independente aos 27 anos. O que poderia estar errado com isso?

Afinal, me deu a liberdade de embarcar em uma viagem de 6 meses e viver o sonho que adiava desde a faculdade, com nada mais do que uma mochila, cartão de crédito e sem preocupações no mundo. Minha vida inteira estava diante de mim como uma grande aventura.

Sério, eu não tinha o direito de reclamar.

Mesmo assim, foi um dos piores erros financeiros da minha vida. Me custou milhões – muitos milhões de dólares. Eu estava tão envolvido em viver meu sonho que perdi todas as perspectivas financeiras.

Na época, eu não tinha ideia de que tinha acabado de seguir a receita clássica para um erro financeiro bem estúpido e caro.

Eu estava prestes a descobrir da maneira mais difícil e espero que essas lições ajudem você a evitar fazer o mesmo.

pessoas-inteligentes-erros-idiotas

O que Causa Erros Financeiros

Em um mundo perfeito, haveria apenas duas causas de erros financeiros:

  1. Informação ruim;
  2. Raciocínio falho.

Se os humanos fossem perfeitamente racionais, poderíamos pegar todas as informações disponíveis, processá-las até uma conclusão precisa e tomar decisões financeiras inteligentes de maneira consistente.

Infelizmente… Bom, imagino que saiba que não funcionamos dessa forma.

Não vivemos em um mundo perfeito e nossos cérebros não funcionam como computadores perfeitamente programados e calibrados.

Minha experiência pessoal é que o problema de informações ruins, embora pareça significativo na superfície, é um fator relativamente pequeno nas decisões financeiras que cometi.

Raramente meus erros financeiros foram motivados por informações inadequadas.

Informação um problema relativamente pequeno e de fácil resolução com um processo de diligencia.

Já a parte do mau raciocínio…

Nós, humanos, não somos computadores racionais. Tomamos decisões emocionais e conseguimos fundamentar essas decisões por meio da racionalização.

A capacidade de racionalizar uma má decisão não conhece limites e é extremamente insidiosa.

Relacionado: 5 Erros de Novato no Planejamento Financeiro que Custam Caro (e o que fazer em vez disso!) Explicado em 5 vídeo aulas gratuitas

Digo isso com profunda humildade. Observo o meu próprio processo de decisão a décadas, e o processo dos meus clientes. Ninguém é perfeito. Todos nós cometemos esses erros.

Por exemplo, minha própria decisão de vender o negócio foi motivada por meu apego emocional em viver meu sonho de viajar pelo mundo, livre como um pássaro, com nada mais do que uma mochila e um cartão de crédito.

Eu estava tão apegado a esse sonho que racionalizei a venda do negócio por menos do que valia, sob a premissa delirante de que essa ação era necessária.

Não foi, e esse foi o erro crítico.

A verdade? Eu abati uma valiosa vaca leiteira por alguns quilos de hambúrguer quando deveria ter saboreado o doce leite que ela produziria por décadas no futuro. Esse erro me custou milhões de dólares – literalmente. O negocio tinha receita em dólar.

Erros financeiros graves ocorrem quando você está tão cego pelos seus sonhos que perde o foco.

Eu fui pego de surpresa por formas alternativas de ver uma situação. Tudo por causa do foco estreito causado pelo meu sonho causou. Meu raciocínio tornou-se unidimensional. Minha análise polar…. A receita clássica para uma decisão errada.

De alguma forma, eu coloquei na minha cabeça que, se eu quisesse viajar pelo mundo, não poderia fazê-lo enquanto dirigisse um negócio. Portanto, eu tinha que vendê-lo. Errado!

Nunca me ocorreu que:

  1. Poderia contratar e treinar funcionários para administrar o negócio na minha ausência, de modo que pudesse reter a renda e ainda desfrutar de minha liberdade. Ops…
  2. Ou eu poderia ter contratado outra empresa de administração financeira para assumir as operações do dia-a-dia, dando-me a liberdade que eu desejava e ainda mantendo a propriedade. Oops (2)….

Havia muitas possibilidades, eu simplesmente não conseguia vê-las. Eu estava cego. É assim que erros financeiros ruins são cometidos – cegueira.

Um dos meus objetivos – sonho de viajar pelo mundo – me distraiu e não consegui me concentrar adequadamente em administrar as implicações financeiras da decisão de maneira adequada.

Meu raciocínio equivocado permitiu que a venda da empresa se tornasse uma decisão “ou/ou” quando não era nada disso.

Ou vendo o negócio

Ou não vivo o meu sonho de viajar pelo mundo.

Absurdo!

Havia muitas maneiras que eu poderia ter vivido meu sonho e mantido o negócio. Só não os procurei porque … Bom, eu não estava procurando.

Mais Exemplos de Erros Caros

Acontece que meu erro financeiro não é um exemplo isolado desse problema. Na verdade, é bastante comum. É a maneira mais comum de cometermos erros tolos, portanto, preste muita atenção e não siga meus passos.

Embora não haja uma pesquisa definitiva que forneça dados concretos, a evidência anedótica do meu trabalho com centenas de clientes de coaching financeiro me diz que a causa número um dos erros financeiros verdadeiramente caros e em grande escala são os objetivos conflitantes, fazendo com que você não pese adequadamente as implicações financeiras de sua decisão.

Por exemplo, todos os dias alguém opta por vender sua casa bem abaixo do valor porque não está recebendo ofertas melhores e tem necessidades conflitantes de se mudar ou escapar de um pagamento opressor de hipoteca.

O desejo de seguir com a vida é racionalizado como motivo para vender abaixo do valor – às vezes a preços absurdos.

“Experiência é simplesmente o nome que damos aos nossos erros.”
– Oscar Wilde

Muitas vezes ouvi falar de pessoas que aceitaram uma oferta baixa por desespero, apenas para ouvir depois alguém dizer que pagariam mais se tivessem a ideia de que estariam dispostos a vender tão baixo.

Sempre existem alternativas.

Como evitar cometer erros financeiros (Aprenda com os meus)

Conheço blogueiros que venderam seus sites de sucesso por 1-3 vezes a receita passiva (publicidade etc.), quando os aspectos financeiros dessa decisão não faziam sentido. O raciocínio já é familiar.

Eles estavam cansados ​​de escrever e queriam seguir em frente ou estavam cansados ​​de lidar com a tecnologia, marketing e outros problemas de back-end relacionados à administração do negócio e queriam apenas se concentrar na escrita.

Raramente a discussão sobre considerações financeiras. As finanças são colocadas em segundo plano porque o foco é dominado por motivações pessoais e é aí que reside o problema.

Outro exemplo é o cliente de coaching que me procura precisando de um plano de investimento, após cometer uma série de erros de investimento horrendos que causaram perdas massivas. O que me surpreendeu é como muitos desses investidores sucumbiram ao discurso do vendedor de seguros e previdência.

“Pelo menos você não vai perder neste: ele sempre estará lá para você e sua família.” É verdade, mas a que custo? É um apelo de meia verdade que distrai e impede o investidor de ver soluções mais eficazes e eficientes para o problema.

Eles são presas perfeitas para esse lance porque sua perda dolorosa os cega para alternativas.

Eu poderia continuar com muitos exemplos, mas imagino que você entendeu.

Quando você tem motivações conflitantes por trás de uma decisão, é muito fácil ignorar considerações financeiras importantes. O resultado é um erro caro.

No entanto, quando você se concentra em considerações financeiras, as decisões geralmente são sólidas … pelo menos do ponto de vista financeiro.

Como Minimizar Erros Financeiros

Existem duas maneiras de minimizar os erros financeiros:

  1. Eduque-se – é disso que trata este site. À medida que você aprimora sua inteligência financeira, suas habilidades de raciocínio melhoram. Você desenvolverá um bom faro para farejar besteiras financeiras. As habilidades de diligência o ajudarão a superar problemas de informação. A parte racional do seu cérebro será conduzida por um software que aplica princípios comprovados. Tudo isso resultará em melhores decisões.
  2. Foco no Financeiro – Desenvolva autoconsciência para perceber quando objetivos conflitantes estão estreitando seu campo de visão. O objetivo é criar uma auto percepção adequada antes se de tomar uma decisão financeira importante – não depois. Você deve dar a cada decisão importante uma voz financeira para não ser pego de surpresa pelas implicações financeiras.

Relacionado: Por que Você Precisa de um Plano de Riqueza, Não de um Plano de Financeiro.

Com o passar dos anos, melhorei em ambas as frentes. Minha motivação é forte porque sei o quanto esses erros me custaram. Devido ao meu histórico financeiro, cheguei a um ponto em que a distração é meu inimigo mais perigoso, causando várias decisões financeiras ruins em minha vida.

Literalmente me custou milhões, não apenas uma vez – mas várias vezes.

Em outras palavras, essa ideia pode parecer simples, mas não existem “letras garrafais” o suficiente para exagerar sua importância. Seriamente!

A maneira aparentemente simples de evitar milhões em erros financeiros.

Sim, até mesmo os especialistas financeiros cometem erros financeiros terríveis. Eu sou a prova viva de que é extremamente fácil de fazer quando você permite que sua mente se distraia com objetivos conflitantes.

É uma vantagem ter um coach e mentor financeiro como parceiro de colaboração. Seu treinador não se distrai com suas necessidades emocionais como você.

Aprenda com meus erros. Treine sua mente para pesar adequadamente as considerações financeiras e procure possibilidades alternativas quando seu campo de visão estiver sendo restringido por objetivos conflitantes.

Quando você equilibra a decisão, quase sempre descobrirá soluções alternativas para manter seu bolo e comê-lo também. Não precisa ser “ou/ou”. Você pode ter os dois quando abrir sua mente para ver as alternativas.

Agora é sua vez. Qual foi o seu erro financeiro favorito? Possuí-lo ajuda você a superá-lo.

Rota-Financeira-illustration_18

"Descubra o processo abrangente de planejamento de riqueza comprovado em mais de 15 anos de pesquisas que lhe dará total confiança em seu futuro financeiro"

  • Construa um plano de ação passo a passo para alcançar a independência financeira - totalmente personalizado para você.
  • Como viver para a realização agora, enquanto constrói riqueza para o futuro.
  • Não há mais procrastinação. Sem mais confusão. Apenas progresso e clareza.

O Planejamento de Expectativas de Riqueza mostrará como criar um roteiro financeiro para o resto de sua vida e fornecerá todas as ferramentas de que você precisa para segui-lo.

Saiba Mais ...

Rota-Financeira-illustration_05

Assine seu Kit Inicial de Construção de Riqueza

5 Aulas: Erros Caros de Planejamento Financeiro

Recursos: E-Books, Exercícios e Muito Mais

Ferramentas e Dicas Não Encontradas Neste Site

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest