12 Lições da Minha Pior Perda de Investimento – Exposta!

Principais Ideias

  • Como você gerencia as perdas de investimento e, em última análise, determina seus lucros.
  • 12 lições que você pode aplicar à sua estratégia de investimento.
  • Quatro perguntas a se fazer para não repetir os mesmos erros de investimento.

Meu primeiro investimento foi um completo desastre.

Sei que isso não agrada nem ao ego, nem às conversas nas rodas de investidores, mas é a verdade.

Neste artigo, vou contar toda a história de como perdi 100% do meu capital investido há muitos anos e os erros de investimento que cometi para criar esse resultado desastroso.

Mas primeiro quero dizer por que estou fazendo isso. Existem dois pontos nesta história:

  • As perdas de investimentos podem ser ótimos professores. Você aprenderá com cada erro de investimento que cometer e também poderá aprender indiretamente com os erros de investimento de outras pessoas, para não ter que cometer o mesmo erro. Cada lição de investimento aprendida pode ajudá-lo a evitar perdas no futuro, o que pode impulsionar o seu desempenho.
  • As perdas são um resultado natural e normal da tomada de decisões de investimento, e a chave para o sucesso a longo prazo é o que você faz quando elas ocorrem. Você deve aprender com seus erros para não repeti-los. E deve cortar suas perdas e reconhecer os erros, para que não cresçam a proporções incontroláveis.

A verdade é que cometi mais erros de investimento e sofri mais perdas na minha carreira de investidor do que este site tem espaço para compartilhar – é por isso que sou um ótimo professor :-).

minha-pior-perda-de-investimento

“O mais importante na vida não é capitalizar sobre os ganhos. Qualquer idiota pode fazer isso. O que é realmente importante é lucrar com suas perdas. Isso requer inteligência; e isso faz a diferença entre um homem sensato e um tolo.”
– William Bolitho

É – também – por isso que hoje sou um investidor de sucesso.

Abaixo está a história do meu primeiro investimento – um perdedor total. Vá em frente e ria da tolice. Todos nós começamos de algum lugar, e essa história é a prova de que não nasci um grande investidor.

Investir é uma habilidade que pode e deve ser aprendida, e as lições contidas nesta história podem ajudá-lo a evitar os mesmos erros que cometi para que você possa se tornar um investidor mais lucrativo.

O Pior Erro de Investimento Que Cometi

Essa história começa um pouco antes de eu ir à faculdade.

Eu havia iniciado meu primeiro negócio (conto mais sobre isso neste e-book gratuito) e parecia está no caminho rápido para o sucesso, tudo crescia muito mais rápido do que eu jamais imaginei ser possível.

Isso me possibilitou uma extensa experiência em negócios, muito além dos padrões de um graduando universitário com cara de nerd.

Resumindo, o meu futuro parecia tão brilhante que tive de usar óculos escuros.

“Às vezes, seus melhores investimentos são aqueles que você não faz.”
– Donald Trump

Enquanto expandíamos, fiz amizade com um grande investidor que dizia conhecer esta “nova empresa incrível” que, em breve, listaria suas ações na B3.

Bem, sendo um novo investidor sem experiência ou conhecimento, coloquei todo o dinheiro que havia economizado para pagar a faculdade nessas ações.

Esta decisão provou ser um grande erro desde o início!

Abaixo estão alguns dos erros mais óbvios que cometi com este investimento:

  1. Eu comprei com base em uma “dica quente de ações”.
  2. Arrisquei um dinheiro que não podia perder.
  3. Não tive disciplina para comprar ou vender – nenhuma estratégia de investimento.
  4. Comprei uma história em vez de fundamentos de negócios.
  5. Não tinha um plano de gerenciamento de risco para controlar as perdas.
  6. Eu coloquei o dinheiro em risco sem uma estratégia de saída em vigor primeiro.

Aprenda 12 lições altamente valiosas com o pior erro de investimento deste especialista.

Do Lucro à Perda – Sem Estratégia de Investimento

No início, tudo parecia bem, pois o preço das ações quase dobrou. O problema era que eu acreditava que esse aumento de valor era devido às minhas “habilidades superiores” de seleção de ações… Nem preciso dizer o quanto estava errado, certo?!

Eu não fazia ideia de que as novas emissões costumam ser apoiadas pela empresa ofertante durante a fase de distribuição inicial para atrair o interesse dos investidores.

Eu não sabia que os preços em alta e o hype são frequentemente usados ​​como ferramentas para distribuir ações para investidores ingênuos como eu.

E principalmente, eu não sabia sequer distinguir a diferença entre uma ação… e um fundo imobiliário.

  1. Não jogue um jogo que você não entende totalmente. Eu não sabia nada sobre o novo jogo de emissão e estava mais apostando do que investindo. Não tinha vantagem competitiva e não havia expectativa matemática para minha estratégia de investimento.

“Cada experiência é uma lição, cada perda é um ganho.”
– Sri Sathya Sai Baba

Logo a “ação” (que era um FII) atingiu seu ponto mais alto e eu já ganhei um bom dinheiro. Tive lapsos de visões onde eu me tornaria o próximo Peter Lynch ou Warren Buffet enquanto trabalhava sob a ilusão de minha superior inteligência financeira.

Ficar muito confiante foi meu próximo erro:

  1. Não confunda cérebro com mercado em alta. Mesmo os investimentos mais estúpidos podem criar ganhos temporários quando o vento está ao seu lado.

Imediatamente após a grande alta, houve uma rápida queda no preço que engoliu todos os ganhos anteriores. Eu estava completamente desesperado porque a posição passou de vencedora a perdedora em um curto espaço de tempo.

Magicamente, assim que comecei a me preocupar, recebi um telefonema do meu corretor. Parecia que ele podia ler minha mente e saber sobre minhas preocupações. Duhh!!

Relacionado: Como o Seu Assessor Financeiro Recebe 75% de Sua Renda de Aposentadoria (… ou mais!) Vídeo Aula Gratuita.

Ele exaltou as virtudes da empresa e me contou todas as boas notícias sobre “grandes desenvolvimentos a serem anunciados em breve” e como o preço “certamente alcançaria novas altas e geraria lucros enormes”.

“Se você cometeu um erro, corte suas perdas o mais rápido possível.”
– Bernard M. Baruch

Nossa… Minhas glândulas da ganância começaram a trabalhar horas extras… Enquanto isso, eu engolia toda a baboseira do corretor… Anzol, linha e chumbada… Tudo junto.

Cometer erros de investimento pode ser embaraçoso, mas eles sempre fornecem uma oportunidade de aprendizado.

Não apenas mantive minha posição perdedora, mas também a comprei posições adicionais.

(Pois é… O som de engolir que você ouve ao fundo sou eu engolindo meu orgulho enquanto escrevo isso.)

Aqui está o último grupo de erros que cometi:

  1. Comprei com base em notícias.
  2. Eu deixei o dinheiro bom correr atrás do ruim: em média.
  3. Não entendi os incentivos do assessor e os preconceitos que ele criou nos conselhos dado.
  4. Não protegi meus lucros e não controlei minhas perdas enquanto ainda eram administráveis ​​- sem gerenciamento de risco.

Eu poderia adicionar ainda mais erros a esta lista, mas suponho que você entendeu.

O ponto principal desta história é que a ação nunca olhou para trás e foi direto para zero.

Perdi 100% de tudo que investi inicialmente e que era a maior parte do que eu tinha na época. Ai!!

Então, eu decidi fazer um investimento em educação, e nunca me arrependi dessa decisão.

Meu Pior Erro de Investimento – Uma Mensalidade Barata

Esse primeiro investimento foi o primeiro de muitas “mensalidades” que paguei à escola de punhos cerrados durante minha jornada para o sucesso nos investimentos, e também foi um dos mais dolorosos porque eu não tinha ideia do que tinha feito de errado.

Tudo o que eu sabia era que todo o dinheiro que havia trabalhado e economizado para a graduação havia acabado e eu havia tomado as decisões que fizeram com que isso acontecesse. Eu estava confuso e sofrendo.

E a minha pergunta para você é: quantos dos erros de investimento acima você está cometendo? E quanto esses erros custam a você?

“O pior erro que os investidores cometem é realizar seus lucros muito cedo e suas perdas muito tarde.”
– Michael Price

Um dos fatores-chave para o sucesso do meu investimento é que sempre tento aprender com meus erros.

Eu, constantemente, aprimoro minhas habilidades de investimento, estudando cada investimento que está perdendo para entender o que deu errado com minha estratégia e, em seguida, estabeleço disciplinas para garantir que nunca cometa o mesmo erro novamente.

Com o tempo, as lições de investimento aprendidas com esse processo de dissecar as perdas de investimento renderam retornos – muitas vezes – superiores ao custo das perdas.

Em outras palavras, tomei a dor desta e de todas as catástrofes financeiras e uso como motivação para aprender o que funciona nos mercados, o que não funciona e por quê.

Em vez de culpar forças externas pelas falhas de investimento, confesse e avalie o que aconteceu.

Sempre evitei o “tudo bem, acontece” e atribuí a perda à má sorte, às difíceis condições de mercado ou aos conselhos de investimento defeituosos.

Não trabalhei sob a falsa premissa de que isso não aconteceria novamente ou que o “mercado voltaria”.

Nunca me iludi em acreditar que mais da mesma estratégia de investimento me deixariam milionário com a sorte de encontrar a próxima Microsoft ou Google.

E você? Usa alguma dessas desculpas para descartar suas perdas de investimento como um não reflexo de uma falha fundamental em sua estratégia?

“A disposição de aceitar a responsabilidade pela própria vida é a fonte de onde surge o respeito próprio.”
– Joan Didion

Em vez disso, sempre busco assumir a responsabilidade por minhas perdas.

A realidade é que, se aconteceu uma vez, pode acontecer novamente.

A única solução era descobrir o que causou o problema para evitá-lo no futuro.

Assumir a responsabilidade por suas perdas de investimento é o primeiro passo para melhorar sua estratégia de investimento. Esse é o único caminho para se tornar um investidor consistentemente lucrativo.

Ninguém começa como um grande investidor. Investir é uma habilidade aprendida.

Relacionado: Por que Você Precisa de um Plano de Riqueza, Não de um Plano de Financeiro.

Você agora tem provas escritas incontestáveis ​​de que comecei a vida como um investidor idiota. Poucas pessoas cometem erros tão estúpidos em seu primeiro investimento.

Você não pode fazer pior do que perder tudo. Ainda assim, sou um investidor de sucesso hoje, principalmente porque aprendi com meus erros.

Você pode ir de um investidor sem noção a um investidor de sucesso – basta ter conhecimento.

Gestão de Risco de Investimento – A Chave

O último erro dessa lista, nº12, é, provavelmente, o erro mais importante a ser evitado. Você deve sempre investir com uma disciplina de gerenciamento de risco. Isso é crítico. Nunca viole essa regra.

“O primeiro passo no processo de gerenciamento de risco é reconhecer a realidade do risco. A negação é uma tática comum que substitui a ignorância deliberada por um planejamento cuidadoso. ”
– Charles Tremper

Se você cometer todos os outros erros de investimento, ainda poderá se recuperar a longo prazo se não cometer o erro nº12.

A chave para uma carteira de investimentos consistentemente lucrativa é controlar as perdas de cada investimento – de forma individual – e, a maneira de fazer isso é por meio do gerenciamento de riscos.

Eu violei esse princípio ao permitir que a “ação” fosse de vencedora a zero.

Nunca, jamais, permita-se investir sem uma disciplina de gerenciamento de risco.

Controlar as perdas em cada investimento diminui o perfil de risco de sua carteira, reduz sua volatilidade e pode aumentar seu retorno.

Isso não é opinião, é matematicamente comprovável. Passei décadas pesquisando estratégias de investimento e não encontrei uma exceção a essa regra. Essa declaração é importante, portanto, leia com atenção.

Controlar as perdas, quando você comete um erro de investimento, deve ser sua principal preocupação e aprender com elas deve ser sua preocupação secundária.

“Corte suas perdas e deixe seus lucros fluírem.”
– Provérbio Americano

Quatro Perguntas a Fazer para Lucrar com seu Pior Investimento

Abaixo, estão quatro perguntas a se fazer quando um investimento perde dinheiro. Assim, você pode transformar uma situação ruim em algo que crie um benefício de longo prazo.

  1. Que falha em sua estratégia de investimento causou o prejuízo?
    • Dica: culpar as condições de mercado, o conselho de investimento ruim ou a má sorte pela perda não é aceitável porque isso não é responsabilidade própria. Você deve determinar o que fez para causar a perda, porque, em última análise, você é o culpado.
  2. Como você vai limitar a quantidade de perdas para que não se torne catastrófica? Qual é o mecanismo e processo exato?
  3. Que mudanças você está implementando em sua estratégia de investimento para que essa perda sirva como um trampolim para lucros maiores e mais confiáveis ​​no futuro?
  4. Qual é a sua base para acreditar que essa mudança na estratégia de investimento é válida? Que estudos, pesquisas e histórico de mercado você pode citar como evidência de que suas conclusões são factuais e levarão a lucros mais consistentes no futuro?

” … a vida é mudança, e muito disso é perda. A vida é feita do que você ganha com essa perda.” – Thomas Jane

As respostas a essas quatro perguntas podem valer uma fortuna para você ao longo de sua vida.

Eles podem transformar cada perda temporária em um lucro de longo prazo, à medida que você aprimora suas habilidades de investimento e conhecimento com cada erro cometido.

Relacionado: Por que Você Precisa de um Plano de Riqueza, Não de um Plano de Financeiro.

Essas perguntas podem impulsionar o desempenho de seu investimento, concentrar sua atenção no que funciona, no que não funciona e por quê.

É importante que você faça essas perguntas depois de cada perda de investimento, porque o que você faz com suas perdas determinará sua riqueza futura.

Eu sou a prova viva dessa verdade.

Rota-Financeira-illustration_18

"Descubra o processo abrangente de planejamento de riqueza comprovado em mais de 15 anos de pesquisas que lhe dará total confiança em seu futuro financeiro"

  • Construa um plano de ação passo a passo para alcançar a independência financeira - totalmente personalizado para você.
  • Como viver para a realização agora, enquanto constrói riqueza para o futuro.
  • Não há mais procrastinação. Sem mais confusão. Apenas progresso e clareza.

O Planejamento de Expectativas de Riqueza mostrará como criar um roteiro financeiro para o resto de sua vida e fornecerá todas as ferramentas de que você precisa para segui-lo.

Saiba Mais ...

Rota-Financeira-illustration_05

Assine seu Kit Inicial de Construção de Riqueza

EBook: 18 Lições de um Milionário Auto Feito

ECurso: 52 Semanas de Liberdade Financeira

Ferramentas e Dicas Não Encontradas Neste Site

Optin Start Sequence

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest