O Planejamento de Aposentadoria Morreu

Revela um Modelo Mais Novo e Melhor para Alcançar Segurança Financeira.

Principais Ideias

  • As 3 razões pouco conhecidas pelas quais o planejamento tradicional de aposentadoria falhou.
  • Os 8 fatos surpreendentes para ajudar a garantir seu futuro financeiro.
  • O que criou o mito do planejamento da aposentadoria.

O planejamento tradicional de aposentadoria falhou.

No Brasil…

  • Segundo a ANBIMA, o brasileiro médio tem R$ 12.000 em suas contas de aposentadoria e 51% dos trabalhadores se aposentarão pobres ou quase pobres.
  • O cruzamento de dados estatísticos do IBGE apontam que menos de 1% dos brasileiros conseguem atender a todas as suas necessidades financeiras na aposentadoria.
  • O Relatório Global do Sistema Previdenciário mostra que cerca de 90% das pessoas com mais de 25 anos nunca pouparam para a aposentadoria.
  • E o estudo O Preparo para Aposentadoria no Brasil indica que apenas 19% das pessoas estão confiantes que terão dinheiro suficiente para se aposentar.

No Mundo…

  • Conforme o New York Times, 75% dos americanos têm menos de US$ 30.000 em suas contas de aposentadoria e 49% dos trabalhadores de classe média se aposentarão pobres ou quase pobres.
  • Segundo a Hewitt Associates, quatro em cada cinco trabalhadores deixarão de atender a todas as suas necessidades financeiras na aposentadoria.
  • O Employee Benefit Research Institute relata que 79% dos trabalhadores com 45 anos ou mais têm menos de US$ 250.000 em economias. Espantosos 45% acumularam menos de US$ 25.000 ao se aproximarem da aposentadoria.
  • E a pesquisa anual Retirement Confidence Survey mostra que apenas 17 por cento dos trabalhadores americanos estão confiantes que terão dinheiro suficiente para se aposentar.

As evidências são esmagadoras. Algo não funciona muito bem com o planejamento tradicional de aposentadoria, em lugar nenhum do mundo. É um modelo do velho e arcaico que precisa de uma grande reforma, uma modernização.

planejamento-de-aposentadoria-morreu

O sistema não é realista porque o indivíduo médio não tem as habilidades e conhecimentos necessários para executar com sucesso um plano de aposentadoria tradicional.

O modelo fracassado de hoje exige que você:

  • Economize voluntariamente uma parte significativa de sua renda com disciplina ao longo de sua carreira entre 8 e 30 por cento. Depende da idade em que você começa.
  • Desenvolva conhecimentos de investimento para implementar uma alocação inteligente de ativos e tomar decisões assertivas de investimento.
  • Preveja o futuro e saiba – com antecedência e exatidão – quando vocês (você e seu cônjuge) morrerão.
  • Planeje com precisão quando vai parar de trabalhar – seja voluntariamente ou não, devido à doença, demissão, etc.
  • Calcule com exatidão a taxa de inflação para o seu tempo de vida restante, embora os ecônomos não possam prever com precisão esse número, nem mesmo um ano no futuro.
  • Estime corretamente o retorno de sua carteira de investimentos nos 10 anos que antecedem sua aposentadoria, nos 10 anos depois de se aposentar e em cada década subsequente, embora ninguém consiga prever esse número – com exatidão – por um ano.
  • Nunca “mexa no seu patrimônio” de aposentadoria, mesmo quando uma adversidade maior chegar, tiver problemas de saúde ou se divorciar.
  • E então, para completar, gerencie suas economias de aposentadoria para combinar o gasto do seu último centavo enquanto exala seu último suspiro.

O planejamento tradicional da aposentadoria está morto. Requer uma lista absurda de habilidades e conhecimentos que poucos possuem.

Essa é uma SENHORA lista de habilidades e conhecimentos.

Alguns fatores estão completamente fora de seu controle, não importa quais sejam as suas habilidades e/ou conhecimentos. Não me admira que a maioria das pessoas não consigam garantir suas aposentadorias!

Relacionado: Por que Você Precisa de um Plano de Riqueza, Não de um Plano de Financeiro.

Para executar um plano de aposentadoria perfeito, com o sistema tradicional, você precisaria da disciplina de um monge celibatário que vive em um bordel, habilidades de investimento que excedem a maioria dos profissionais de previdência e fundos mútuos, uma bola de cristal perfeitamente alinhada com as entidades celestiais e as habilidades atuariais de um especialista em seguro/crise e risco.

Pode ser apenas a minha opinião de cinquenta centavos, mas esses parecem ser padrões bastante exigentes para alguém que deseja largar o trabalho.

O planejamento de aposentadoria tradicional é um modelo quebrado.

O sistema falha com as pessoas porque exige uma lista absurda de habilidades para o sucesso. Isso é irreal.

Andar pelo Caminho Faz Toda a Diferença

O motivo para o modelo quebrado persistir é porque a maioria dos “especialistas em aposentadoria” que ensinam “essas coisas” não tem experiência real em ser “aposentado”, viver de seu portfólio e sobreviver sem rendimentos extras.

A realidade é muito diferente da teoria: os mapas ensinados parecem divergir do terreno real.

Depois de “se aposentar” e sobreviver com quase nenhuma renda, posso dizer que a aposentadoria não é tão “arrumadinha e limpinha” quanto os livros esterilizados (erroneamente) o leva a acreditar.

Já sobrevivi a várias bolhas em ações e imóveis (e provavelmente uma sistêmica em breve), e as regras convencionais são perigosas para a sua riqueza.

Abaixo estão algumas ideias particularmente importantes sobre as quais você provavelmente não ouvirá de um planejador financeiro tradicional em sua próxima reunião de planejamento de aposentadoria.

A Longevidade Mudou as Regras do Jogo

A expectativa de vida aumenta a cada ano, e as classes de renda mais alta podem esperar maior longevidade na velhice. Se você tem riqueza para financiar uma aposentadoria segura, provavelmente vai viver mais que as médias (a menos que sua genética ou histórico familiar indique o contrário).

Todas as pesquisas já apontam que existe mais de 90% de chance de um casal saudável – que tenha hoje 65 anos – ultrapassem a barreira dos 100 anos. Ou seja, esqueça as médias estatísticas.

Você deve se preparar – financeiramente – para viver muito mais tempo do que qualquer um poderia supor, ou arriscar viver mais que seu dinheiro, e isso não é nada aceitável.

Gastar o Principal é Perigoso

Quando seus ativos precisam sobreviver 30 anos ou mais, significa que você não pode gastar – com segurança – o principal do seu patrimônio de investimento, como o planejamento tradicional de aposentadoria sugere…

Isso significa que você deve viver – exclusivamente – da renda de sua carteira durante os primeiros anos, porque não há maneira segura de amortizar o principal em um horizonte de tempo de mais de 30 anos, dadas todas as variáveis ​​desconhecidas (consulte A regra de 4% e as taxas de retirada seguras).

Isso exige que você acumule uma carteira de investimentos muito maior do que o planejamento de aposentadoria tradicional indicaria, ou considere carteiras alternativas para produzir renda e crescimento acima da inflação.

Seu Pior Inimigo é a Inflação

A inflação é o inimigo número um dos aposentados. Isso porque um aposentado é, por definição, um poupador, e a inflação é o câncer que corrói todas as formas de dinheiro economizado.

Ela é muito mais insidiosa porque você (1) não tem controle sobre ela, (2) dificilmente pode detectá-la ano a ano, (3) não pode estimá-la com precisão e (4) pequenas diferenças se transformam ao longo de muitos anos e potencialmente dobram (ou triplicam) a quantidade de dinheiro que você precisa para se aposentar com segurança.

A inflação é um dos principais fatores de risco para sua segurança financeira.

É Difícil Aumentar o Poder de Compra e Sustentar as Economias

É muito difícil fazer um portfólio crescer – rápido o suficiente – com uma alocação convencional e passiva de ativos para aumentar o poder de compra do seu patrimônio líquida de inflação, despesas com estilo de vida, efeitos da volatilidade e, os erros e surpresas inevitáveis ​​da vida.

Poucas pessoas aumentam seus portfólios mais rápido do que a inflação após subtrair apenas os custos de transação, erros e outros problemas.

Quando você inclui o desconto das despesas com o estilo de vida de suas economias, o obstáculo é extraordinariamente difícil de superar.

A Falácia do Retorno Médio

A grande razão pela qual é tão difícil aumentar seus ativos líquidos de inflação, gastos, erros e despesas de investimento é a “mentira do retorno médio”.

Os especialistas adoram citar retornos históricos médios, mas o único retorno que você pode realmente gastar é o retorno composto.

Relacionado: 5 Erros de Novato no Planejamento Financeiro que Custam Caro (e o que fazer em vez disso!) Explicado em 5 vídeo aulas gratuitas

Os retornos médios são uma ficção estatística. A verdade raramente contada é que os retornos compostos são sempre menores do que os retornos médios, e o culpado é a volatilidade.

Quanto maior for a volatilidade, maior será a diferença entre o retorno médio e o retorno composto.

Por exemplo, se seus investimentos aumentam 50% em um ano e diminuem 50% no ano seguinte, o retorno médio é o ponto de equilíbrio, mas, na verdade, sua conta perdeu 25% quando composta.

A perda de 25% é o único retorno que importa para um aposentado real, e é causada pelo efeito da volatilidade.

O Risco da Sequência de Retorno

Agora que você entende o efeito da volatilidade, vamos adicionar um insulto ao prejuízo, introduzir o risco da sequência de retorno. Você verá rapidamente por que viver de seu patrimônio de aposentadoria é mais arriscado do que normalmente se pensa.

Imagine um período adverso de retornos que dure uma década ou mais. Isso ocorre regularmente na história real do mercado, com o exemplo mais recente começando em 2000.

Se você começou sua aposentadoria em 2000 com um portfólio de índice passivo convencional e apoiou suas despesas na regra convencional de 4%, você sofreria uma redução de portfólio para os gastos que ultrapassariam 50% (sem mencionar erros de investimento, despesas de investimento, efeitos de volatilidade no retorno composto e mais).

Dados os retornos de investimento negativos no mesmo período, seus gastos mensais estariam se aproximando – ou ultrapassando – 10% dos ativos (dependendo das suposições), o que é insustentável e certamente não é seguro.

Este não é um truque fantasioso e teórico. Aconteceu com inúmeros aposentados reais que confiaram na sabedoria convencional e pagaram caro. É o resultado de uma sequência adversa de retornos de investimento como a que tivemos desde 2000.

As pesquisas mostram que esse risco da sequência de retorno – durante os primeiros 10-15 anos de aposentadoria – é responsável por 80% (ou mais) da variação nas taxas de retirada segura durante a aposentadoria.

É extremamente importante entender isso, e mesmo assim poucos aposentados entendem.

Se você precisar de mais orientação, nosso processo passo a passo de planejamento patrimonial pode colocá-lo no caminho certo para que possa garantir sua segurança de aposentadoria.

Consciência de Pobreza

Se construiu sua riqueza, provavelmente você é uma pessoa bem-sucedida e atuarialmente atenta. O processo de viver de seus ativos sem nenhuma renda vai criar uma mentalidade de pobreza.

Causa uma sensação de carência, mesmo cercado por um portfólio abundante. É por isso que você vê pessoas idosas – multimilionárias – em seus 80 anos que contam os centavos e se recusam a desfrutar de seu dinheiro.

É difícil entender até que você o viva.

Basicamente, sua realidade financeira se estreita quando você se torna 100% dependente de seus ativos com uma renda zerada. O resultado é trágico: uma experiência de pobreza, mesmo rodeado de fartura.

Esqueça os Clichês sobre Felicidade

Finalmente, uma aposentadoria satisfatória não é nada como os clichês de Hollywood. Uma vida gratificante é construída com base em muito mais do que rodadas intermináveis ​​de golfe e pequenas bebidas de guarda-chuva sob uma palmeira ao pôr do sol.

Eu tentei todos os extremos, desde o workaholic (viciado em trabalho) até o circuito pró-lazer, e tudo mais. Em minha experiência, a aposentadoria mais satisfatória inclui um negócio de estilo de vida que produz alguma renda sem inibir a liberdade de fazer o que você quiser da vida.

Isso tira a pressão de seus ativos e alivia a mentalidade de pobreza, enquanto fornece um senso de propósito, comunidade, estímulo mental, contribuição e conexão social (é por isso que forneço serviços de coaching financeiro).

As férias são mais agradáveis ​​quando contrastadas com um trabalho significativo.

A verdade é que o trabalho oferece benefícios subestimados durante a aposentadoria, porque a maioria das pessoas precisa de algo mais para acordar do que apenas uma autoindulgência pessoal. Eu sei que, eu com certeza preciso.

Porque o planejamento tradicional de aposentadoria está morto e o que realmente funciona.

Resumo da Aposentadoria

Se você quiser saber mais sobre como funcionam os aspectos financeiros do planejamento da aposentadoria, certifique-se de pegar meu livro mais recente: Quanto dinheiro preciso para me aposentar? (Em breve… acompanhe o lançamento aqui.)

O planejamento da aposentadoria não funciona na prática como a maioria dos especialistas prega. As diferenças também não são pequenas. E elas mudaram o jogo.

Da poupança ao investimento e ao planejamento de vida, a experiência da aposentadoria opera sob um conjunto de regras muito diferentes do que comumente se acredita.

Nos comentários abaixo, acrescente a esta discussão compartilhando sua experiência com o planejamento de aposentadoria tradicional.

  • Qual será a diferença entre sua aposentadoria e a dos seus pais e avós?
  • O que funcionou para você no planejamento de aposentadoria tradicional e o que não funcionou?
  • Quais são algumas de suas ideias favoritas no planejamento da aposentadoria?

Eu realmente gostaria de saber o que você pensa sobre essas ideias…

Rota-Financeira-illustration_18

"Descubra o processo abrangente de planejamento de riqueza comprovado em mais de 15 anos de pesquisas que lhe dará total confiança em seu futuro financeiro"

  • Construa um plano de ação passo a passo para alcançar a independência financeira - totalmente personalizado para você.
  • Como viver para a realização agora, enquanto constrói riqueza para o futuro.
  • Não há mais procrastinação. Sem mais confusão. Apenas progresso e clareza.

O Planejamento de Expectativas de Riqueza mostrará como criar um roteiro financeiro para o resto de sua vida e fornecerá todas as ferramentas de que você precisa para segui-lo.

Saiba Mais ...

Rota-Financeira-illustration_05

Assine seu Kit Inicial de Construção de Riqueza

5 Aulas: Erros Caros de Planejamento Financeiro

Recursos: E-Books, Exercícios e Muito Mais

Ferramentas e Dicas Não Encontradas Neste Site

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest