RotaFinanceira.Com
Liberdade Financeira para Pessoas Inteligentes

Sobre   ·   Contato   ·   Tópicos

Construa Riqueza: Um Sistema de Definição de Metas

Revela o sistema de definição de metas pessoais que ajudou André a se aposentar mais cedo e mais rico ... para que você possa fazer o mesmo.

Principais Ideias

  • Você pode pensar que sabe tudo sobre estabelecer metas, mas os resultados – provavelmente – provam o contrário.
  • Descubra as 5 maneiras de como as metas escritas oferecem uma vantagem na construção de riqueza.
  • Revela o sistema exato de definição de metas de 7 etapas que eu pessoalmente usei para construir riqueza.

O sucesso é uma escolha…

Basta decidir o que quer e como vai alcançar. Ok Ok, sei que a vida é mais complicada que isso… mas, o fato é que:

Se você não estabelecer suas metas, entregará sua vida ao destino divino – implicitamente – e apostará na sorte para suprir suas necessidades.

Ao estabelecer suas metas, você escolhe – proativamente – um caminho de vida com responsabilidade própria e desempenha um papel ativo em seu destino – e isso pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Além disso, se você não escreve e revisa – regularmente – suas metas, você não se planeja para vencer. Você está enganando a si mesmo e a seu futuro financeiro.

  • Sem metas, sua vida é como um veleiro sem leme: girando em círculos.
  • Sem metas, sua vida diária é tão sem propósito quanto dirigir um carro sem um destino.

As metas são o ponto focal que dá direção à sua vida e impulsiona o sucesso.

Para você realizar seu potencial como ser humano, estabelecer metas é tão necessário quanto respirar.

Gosto de pensar no tempo “gasto” com meus objetivos como um investimento em meu futuro.

Não custa tempo. Na verdade, economiza tempo ao eliminar o desperdício.

Esse processo cria resultados surpreendentes e ninguém vai cobrar um centavo por isso. Onde mais você consegue não arriscar nada e obter um enorme retorno como recompensa? Não escrever seus objetivos é algo realmente acéfalo, todos deveriam fazer isso.

Ainda assim, pouquíssimas pessoas tiram proveito desta fórmula gratuita e comprovada para o sucesso.

Se ainda não acredita nesse “segredo”, observe os resultados de um estudo conduzido pela professora de psicologia Dra. Gail Matthews:

  • 267 participantes foram incluídos neste estudo – 149 o completaram
  • Cinco grupos foram convidados a participar
    • O Grupo 1 teve que pensar sobre as metas relacionadas aos negócios que desejavam alcançar e, em seguida, avaliá-las em alguns conjuntos de critérios diferentes
    • O Grupo 2: Escrever seus objetivos e Avaliá-los.
    • O Grupo 3: Escrever e Avaliar + Desenhar Um Plano de Ação para cada meta
    • O Grupo 4: Os Anteriores + Contar A Um AMIGO!
    • O Grupo 5: Além de tudo isso, deveriam compartilhar um Relatório de Progresso Semanal com o amigo.
  • Os Resultados foram…
    • 43% do Grupo 1 cumpriram seus objetivos ou estavam pelo menos na metade do caminho
    • Isso foi verdade para 62% do Grupo 4 (Note a falácia do “não contar seus objetivos”)
    • Isso foi verdade para 76% do Grupo 5
    • Quanto mais você pensa sobre seus objetivos e se compromete com eles, mais provável se torna realiza-lo.

Bem, outros estudos mostraram que pessoas com objetivos por escrito também tendem a ter melhor saúde e casamentos mais felizes.

Algum desses resultados te motiva a escrever seus objetivos?

Estabelecer metas – de forma adequada – é essencial para o seu sucesso, mas poucas pessoas o fazem.

Se você deseja se aposentar cedo e rico e, fazer parte dos 1% que criam segurança financeira em suas vidas, então você deve fazer o máximo uso desta ferramenta gratuita e incrivelmente valiosa.

E essa é uma impressionante verdade!

5 Maneiras de Como as Metas Te Ajudam na Construção de Riqueza

Sua vida é uma série infinita de escolhas diárias, e como você administra essas escolhas determinará o resultado de sua vida.

No entanto, a maioria de nossas decisões são tomadas inconscientemente.

Ao definir metas, você define um contexto consciente para suas decisões diárias. Você aplica os recursos de sua mente para alcançar um resultado específico. Como resultado, sua vida se move em direção ao objetivo.

“Na ausência de metas claramente definidas, tornamo-nos estranhamente leais à prática de atos diários de trivialidades.”
– Desconhecido

O motivo desse processo funcionar tão bem é porque mudanças específicas ocorrem em sua mente.

Sua consciência é afetada de cinco maneiras diferentes, cada uma delas te dá uma vantagem competitiva sobre quem não estabelece metas:

A primeira vantagem se desenvolve das perguntas, feitas por sua mente, sobre como você alcançará o objetivo. Fazer as perguntas certas é mais da metade da batalha para alcançar o objetivo, porque concentra sua atenção.

Formar uma meta e fazer perguntas sobre como você vai alcançá-la envolve ativamente sua mente na resolução da discrepância entre onde você está agora na vida e para onde deseja ir.

A segunda vantagem competitiva resulta de focalizar sua atenção para onde você quer chegar. Sem metas, sua mente está no vácuo e não tem nada em que se concentrar.

O foco negativo cria resultados negativos, enquanto nenhum foco cria resultados aleatórios e, por conseguinte, o foco orientado para o objetivo cria os resultados que você mais deseja. Ter metas eleva seu objetivo de baixo da pilha infinita de possibilidades e coloca ele em primeiro plano.

A terceira vantagem competitiva resulta da formação de uma visão convincente em sua mente. Uma representação de todas as razões que você deseja o objetivo.

Isso ajuda a motivá-lo a se esforçar para atingir a meta, da mesma forma que colocar uma cenoura na frente de um cavalo.

O desejo é um motivador poderoso.

“Mais homens falham por falta de propósito do que por falta de talento.”
– Billy Sunday

A quarta vantagem ocorre quando sua competitividade pessoal começa a trabalhar a seu favor. A tempo que se esforça para atingir seus objetivos, você não quer se decepcionar. Assim, compete contra seu próprio padrão de desempenho aceitável.

Isso pode se transformar em uma corrida interna, porque a competição pode motivá-lo a se destacar e trabalhar mais apenas para provar que você é capaz.

A quinta vantagem competitiva da construção de um sistema de metas é que sua mente começa a perceber oportunidades que, de outra forma, poderiam ter sido esquecidas ou nunca imaginadas. Isso ocorre porque é estimulada uma maior uma consciência do lobo frontal.

Você já percebeu que, quando quer alguma coisa, de repente, essa coisa aparece em todos os lugares? Seja um filho, um carro ou um aumento. E, porque antes você não notava?

Parece que um farol acende em sua mente e ilumina tudo no mundo externo que pode ajudá-lo a atingir seu objetivo interno.

Sua mente funciona assim, seja para a liberdade, a riqueza e os investimentos.

Você verá possibilidades e soluções que nunca teria notado se não tivesse definido a meta e se comprometido com ela.

Criar uma maior consciência sobre seus objetivos financeiros, estabelecendo metas, prepara sua mente para reconhecer a oportunidade quando ela aparece.

A penicilina foi o produto de uma descoberta acidental, mas a descoberta foi feita, assim como o conhecimento desenvolvido, porque os cientistas tinham objetivos definidos em mente.

“O acaso”, escreveu Pasteur, “favorece apenas a mente preparada.”

Pense que definir metas é como plantar uma semente em sua mente.

Quando você desenvolve um plano para atingir a meta e pratica hábitos diários congruentes com a realização dessa meta, é como dar água, luz solar e nutrição à semente.

Com esse cultivo, a semente se torna uma árvore com um tronco bom e forte, cheio de galhos. Na plenitude do tempo, ela produzirá frutas deliciosas e uma vida inteira de felicidade e gratificação.

O mesmo acontecerá com seus objetivos de construção de riqueza se você (1) os definir por escrito e (2) os nutrir todos os dias.

Estabelecer metas funciona e vale a pena o esforço.

Então, fica a pergunta: “E como fazer isso?”

Antes de responder isso, vamos para uma definição importante:

Metas vs. Sistemas

Perder cinco quilos é uma meta (que a maioria das pessoas não consegue manter), enquanto aprender a comer bem é um sistema que substitui a força de vontade pelo conhecimento.

Digamos que você precise escolher entre macarrão e batata branca. Imagine que você goste de ambos alimentos em igual proporção e que deva escolher pensando na sua cintura. Qual você escolhe? Comenta aqui em baixo…

Lembro de ter feito essa pergunta a uma multidão de quase noventa gestores em uma grande empresa de tecnologia. Cerca de 86 responderam batata. O que significa que 90% das pessoas deram a resposta errada porque o macarrão tem apenas metade do índice glicêmico. As quatro pessoas que sabiam que o macarrão era a melhor escolha, não precisariam usar tanta força de vontade no final do dia para manter uma boa dieta.

Os estudos mostram que, todas as vezes que você usa sua força de vontade para resistir a uma tentação, tem menos reserva para a próxima. A abordagem sistêmica para o controle de peso é substituir gradualmente a força de vontade pelo conhecimento, por exemplo, saber que macarrão é melhor que a batata.

Aqui está outro exemplo. Ir à academia 3-4 vezes por semana é uma meta. E pode ser difícil para quem não gosta de exercícios. Praticar exercícios 3-4 vezes por semana pode parecer um castigo – especialmente se você exagerar porque está impaciente pelos resultados. Ao associar desconforto a exercícios, você inadvertidamente (sem auto consciência) treina para parar de praticá-los.

Eventualmente, você vai ficar “muito ocupado” para manter seus 3-4 dias de exercícios. O verdadeiro motivo é: porque dói, e você não quer mais fazer isso. E se você conseguir manter seu objetivo, você usa seu estoque limitado de força de vontade.

Compare a meta de se exercitar 3-4 vezes por semana com um sistema de ser ativo todos os dias em um nível que o faça se sentir bem, enquanto aprende continuamente sobre os melhores métodos de exercício. Inclusive, existe um nome para esse método de treino, The Douwalter Method.


Nota: O Método Douwalter foi idealizado por uma ultramaratonista (corre + de 320Km) e aqui está algumas das realizações dela:

  • Venceu o Moab 240 2017 (incluindo derrotar todos os homens) por uma margem surpreendente de 10 horas;
  • Venceu o 2020 Big Dog Backyard Ultra ao marcar 283 milhas (novamente derrotando todos os homens);
  • Venceu a divisão feminina de 2018 The Western States 100;
  • Quebrou o recorde do Tahoe 200 para mulheres em 2018 em mais de 18 horas; e
  • Foi a mulher mais rápida no UTMB 2019, considerado a ultramaratona mais prestigiado do mundo

“Sem um plano especifico, eu consigo escutar melhor meu corpo” – Courtney Dauwalter


Em pouco tempo, seu corpo será treinado, como os cães de Pavlov, para desejar essa elevação psicológica que você só consegue se for ativo todos os dias. Logo será mais fácil fazer exercícios – não é necessária força de vontade. E será a sua inclinação natural para o desafio e a variedade que vai te empurrar – gentilmente – para níveis mais elevados de atividade diária, enquanto, ao mesmo tempo, você aprende em seu tempo livre como se exercitar da maneira mais eficaz. Isso é um sistema.

Aliás, só nos últimos anos nos já conseguimos substituir muito da força de vontade pelo conhecimento, isso porque muito do que a ciência nos dizia nesses reinos estava errado. Quando eu era criança, lembro que o negócio era comer muito pão … que era maravilhoso. Acredito que cruzamos o ponto de inflexão em que seguir as recomendações da ciência trará um bom resultado.

Um outro sistema que uso, é o que estou fazendo agora…

Quando comecei, muita gente me perguntou qual era meu objetivo. Milionário autofeito e financeiramente livre e com outros 4 negócios para dividir meu tempo… O rotafinanceira parecia triplicar minha carga de trabalho enquanto prometia uma renda 5% maior que não fez nenhuma diferença real na minha vida. Parecia um uso meio bobo de tempo.

Eu tentei explicar que era um sistema, mas não devo ter feito um bom trabalho. Vou tentar de novo aqui.

Comunicar ideias complexas é uma habilidade que requer prática. Portanto, a primeira parte do meu sistema envolve praticar regularmente. Eu não sabia exatamente para que estava praticando, e isso é o que o torna um sistema e não um objetivo. Eu deixei de ser um educador sem prática, para um educador experiente e com maior visibilidade.

A segunda parte do meu sistema é uma espécie de P&D. Escrevo sobre uma variedade de tópicos de finanças e vejo quais deles têm a melhor resposta. Também uso diferentes “vozes”. Tenho minha voz humorista auto-depreciativo, minha voz zangada, minha voz pensativa, minha voz analítica, minha voz meio maluca, minha voz ofensiva e assim por diante. E vocês fazem um bom trabalho em me dizer o que funciona e o que não funciona.

Graças a toda essa prática e a todo esse conhecimento, o meu conteúdo, atraiu a atenção de quem está interessado em aprender de verdade, longe das falácias comumente divulgadas, dessas dicas vazias que não funcionam na vida real e dos discursos comerciais… essas pessoas viraram clientes de um processo educacional.

Então o dia de pagamento chegou, mas eu não sabia com antecedência que caminho tomaria. A verdade é que o Rota me trouxe dezenas de oportunidades de negócio, e ele poderia ter tomado qualquer direção.

Meu problema com metas é que elas são limitantes.

Eu entendo que se você se concentrar em um objetivo específico, suas chances de sucesso são melhores e que existem casos onde isso obviamente é útil. Se você planeja se tornar um educador financeiro, por exemplo… e mesmo ai, você tem apenas uma parte do caminho.

Porque geralmente, não temos ideia de onde estaremos em cinco anos, que oportunidades surgirão ou o que desejaremos ou precisaremos até lá. E esse entendimento é critico porque pode te custar boas oportunidades, muito melhores do que sua meta.

O sistemas – simplesmente – te move de um jogo com poucas oportunidades para um jogo com mais oportunidades. Com um sistema, é menos provável que você perca uma oportunidade por estar muito focado em outra.

Ou seja, a sua melhor aposta é sair de um pensamento restritivo. Isso significa morar em um lugar que tenha oportunidades, prestando atenção à sua saúde, atualizar continuamente suas habilidades, fazer contatos e talvez se envolvendo em muitas áreas diferentes.

Meu Sistema de Metas: Sete Etapas para Construir uma Verdadeira Riqueza

Depois de anos estudando e testando muitas técnicas diferentes de cumprimento de metas, decidi seguir um processo relativamente fácil e que simplesmente funciona.

Ele integra as melhores práticas de muitas fontes diferentes e adiciona algumas particularidades. Um hábito repetível que você pode usar em toda a sua vida.

O ponto principal a ser observado, ao aprender meu ciclo anual de definição de metas é que ele foi projetado para ser um hábito.

Isso é extremamente importante. Estabelecer metas é uma daquelas coisas incrivelmente importantes de fazer, mas fácil de procrastinar ou esquecer.

Todos sabem que devem definir metas e revisá-las regularmente, mas, a julgar pelos resultados, poucas pessoas realmente fazem isso.

“Daqui a um ano, você gostaria de ter começado hoje.”
– Karen Lamb

Como tantas vezes acontece, podemos saber o que fazer, mas raramente o fazemos.

E você? Você estabelece metas regularmente e as revisa? Você pratica o que falar? Lembre-se de que saber e não fazer é não saber.

As informações neste artigo podem soar “antiquadas” para muitos leitores, mas as mesmas pessoas que estão bocejando, provavelmente, são as que não praticam o que dizem.

Quatro das palavras mais perigosas da língua portuguesa: “Eu já sei isso”.

Você pode até saber intelectualmente, mas se ainda não define e alcança metas habitualmente, então vale a pena acompanhar de perto. Assim você pode começar a usar esta ferramenta valiosa em seu potencial máximo.

Passo 1: Comece Suas Metas em Janeiro

Começamos nas semanas próximas ao Final de Ano. Por quê? Porque é praticamente impossível esquecer ou evitar este evento.

O Ano Novo é um momento natural para refletir sobre as conquistas do ano anterior e começar a pensar no que queremos alcançar no próximo ano. Resumindo, é o momento perfeito para iniciar um ciclo de definição de metas.

Sua primeira tarefa é revisar suas metas escritas do ano anterior e compará-las com seus resultados reais.

“Ninguém pode enganá-lo no sucesso final, exceto você mesmo.”
– Ralph Waldo Emerson

Inevitavelmente, seus resultados excederão as expectativas em algumas áreas e decepcionarão em outras. O ponto crítico aqui é não se julgar porque você não é o seu resultado.

Em vez disso, sugiro um reforço positivo, uma recompensa, por tudo o que você realizou no ano anterior. Aproveite o tempo para comemorar suas vitórias porque você merece. Observe também as áreas em que você ficou aquém, pois isso deve ser uma homenagem à realidade.

O que seus resultados estão dizendo a você? Se você não alcançou um objetivo, qual foi a causa?

Afinal, se você disse que queria uma meta, mas não a atingiu, então há oportunidade de aprendizado.

  • Algo mudou?
  • Outros objetivos tiveram maior prioridade?
  • Obstáculos atrapalharam seu caminho?
  • Talvez você simplesmente não esteja comprometido com esse objetivo e deva abandoná-lo ou mudá-lo.

Não veja certo ou errado durante o processo de revisão; Isso não será útil para você. Não há valor em se depreciar por perder uma meta. Isso apenas prejudicará seu sucesso.

O objetivo é simplesmente deixar claro o que funcionou e o que não funcionou. Apenas observe os fatos e tome consciência do que aconteceu, mas não se julgue!

“Quando a derrota vier, aceite-a como um sinal de que seus planos não são sólidos, reconstrua esses planos e navegue mais uma vez em direção ao seu objetivo cobiçado.”
– Napolean Hill

Onde você teve sucesso e onde não? Seu objetivo é aprender com a experiência; E, melhorar sua definição de metas para o próximo ano com base no que você descobrir.

Você está criando um ciclo de feedback ativo para que possa corrigir e ajustar suas metas, todos os anos, para obter o que deseja da vida.

Esse processo de correção e ajuste funciona de maneira muito semelhante aos sistemas de orientação dos foguetes. Quando um foguete é lançado para um destino distante, ele sai do curso em mais de 80% do tempo. Ainda assim, ele alcança seu alvo com extrema precisão.

A chave é corrigir e ajustar.

O foguete conhece seu objetivo e está constantemente corrigindo sua trajetória durante o voo até chegar ao destino. Você faz a mesma coisa ao revisar suas metas a cada ano e aprender com seus sucessos, e também como com seus fracassos.

Passo 2: Preparar As Demonstrações Financeiras

A próxima etapa durante o processo de revisão anual é compor uma demonstração de resultados e um balanço patrimonial “simples e limpo”.

Esta tarefa é particularmente fácil na virada do ano porque as declarações fiscais anuais devem ser preparadas mostrando seus ativos, receitas e despesas.

Ao preparar essas declarações, você está tratando suas finanças pessoais com o profissionalismo de uma empresa. Em outras palavras, você está respeitando o seu dinheiro.

Também sugiro traçar seu patrimônio líquido e renda residual em um gráfico para que você possa acompanhar seu progresso em direção ao seu objetivo de liberdade financeira.

Isso é muito importante se você trabalha em prol da independência financeira ou da segurança na aposentadoria.

“A pessoa que vive bem é aquela que vê seu objetivo com segurança e busca-o com firmeza. Isso é dedicação. ”
– Cecil B. DeMille

Depois de atualizar suas demonstrações financeiras e revisar suas metas anteriores, você estará pronto para o iniciar o processo de ciclo de feedback.

Agora você tem uma base sólida para construir seus novos objetivos. Você tem um retrato atual de sua imagem financeira e entende o que funcionou no ano anterior, o que não funcionou e por quê.

Passo 3: Faça as Perguntas Certas

A próxima etapa é decidir o que você deseja criar com a evolução de sua vida. Pergunte a si mesmo:

  • O que eu quero este ano?
  • O que será necessário para este ano ser classificado como 10 em uma escala de 1 a 10?
  • Se o fracasso não fosse uma possibilidade porque tenho sucesso garantido, o que eu faria? Como eu jogaria o jogo da vida de forma diferente?
  • Quais são os meus valores mais importantes que gostaria de homenagear no Ano Novo?
  • O que é frustrante ou insatisfatório em minha vida e como gostaria de mudar?
  • Se eu classificasse as várias partes da minha vida (relacionamentos, negócios, dinheiro, saúde, recreação, etc.) em uma escala de 1 a 10, que nota cada um receberia e o que quero fazer este ano para ter as notas que eu realmente quero?
  • Quais objetivos fariam a maior e mais profunda diferença em minha vida?

Passo 4: Compilar & Priorizar Suas Metas

Depois de responder a essas perguntas, vale a pena integrar os outros membros da família (esposas e maridos) para criar uma planilha de metas combinada para a família.

Em seguida, comparem as listas e criem uma agenda familiar combinada para o ano, dividida em duas categorias: a primeira lista tem objetivos comerciais e financeiros e a segunda lista os objetivos pessoais e familiares.

É importante observar que vocês não devem apenas “juntar” as listas para criar uma lista unificada. Negociem as metas sabendo que devem se concentrar para ter sucesso.

Menos é mais, e isso é importante perceber.

Mais objetivos não significa mais sucesso.

Na realidade, é ter mais foco nos objetivos que fazem a maior diferença que equivale a mais sucesso.

Ter mais metas não te levará ao sucesso. Em vez disso, concentre-se em menos metas para obter melhores resultados.

Depois disso, vocês podem comparar seus objetivos com a lista de verificação “10 Chaves para um Objetivo Vencedor”, presente em minhas sessões de coaching, local de onde esse artigo foi extraído.

Não esqueçam de deixar em banho-maria aqueles objetivos que foram “descartados”.

Depois de anos de prática, esse habito me ajudou a desfrutar de maior equilíbrio e felicidade. Se concentrar em apenas alguns objetivos críticos te ajuda a alcança-los, a alternativa é se preparar para o desapontamento por dispersar sua atenção com muitos objetivos.

O que me surpreende nesse processo é o quão ele é poderoso, embora aparentemente simples.

  • Nunca falha em redirecionar nosso pensamento;
  • Criar clareza e foco coeso para que ambos operemos como uma equipe;
  • Ajuda a criar uma vida mais satisfatória e plena para sua família;
  • Redireciona suas vidas e;
  • Te impede de devanear sem rumo ou viver o dia a dia.

Energia é a essência da vida. Todos os dias você decide como vai usa-la, sabendo o que quer, o que é necessário para atingir seus objetivo e mantendo o foco. – Oprah Winfrey

Passo 5: Entre em Ação

Depois de definir seus objetivos, agora você tem um ano inteiro para alcançá-los. Mas como você vai fazer isso? Qual é o seu próximo passo? Minha sugestão é dividir e conquistar.

Mantenha as coisas simples, escolha apenas os objetivos que são os mais interessantes e importantes, para que você possa concentrar seus recursos limitados (energia e tempo) neles.

Qual é a sua principal prioridade para o ano? Qual é a meta mais urgente ou imediata da sua lista?

“O grande segredo da vida é que não existe um grande segredo. Seja qual for o seu objetivo, você pode chegar lá se estiver disposto a trabalhar.”
– Oprah Winfrey

Assim que suas metas forem priorizadas, você pode escolher uma das duas estratégias abaixo para começar a executar seu plano de ação.

Eu ofereço duas estratégias diferentes porque cada uma é apropriada para diferentes situações, dependendo das condições. Qual das abordagens é a melhor? Depende do seu estilo pessoal e do objetivo específico que você está perseguindo.

Abordagem do Próximo Passo

Esta é uma abordagem prospectiva em que você apenas escolhe a próxima etapa para atingir sua meta, e conclui antes de descobrir o próximo passo e assim por diante até que sua meta seja realizada.

Você não se preocupa com o quadro geral e todos os problemas de planejamento (o que pode atrapalhar você porque muito é desconhecido ou todo o processo é muito grande para entender).

Em vez disso, você apenas determina qual é o próximo passo lógico e confia que ele vai te levar ao próximo passo até que o caminho fique claro.

Você é como o foguete que corrige e ajusta sua trajetória de vôo. Isso ajuda a evitar a síndrome do “prepare-se até ficar pronto”. Assim, você consegue começar agora mesmo e não ficar preso e desculpas e procrastinação.

Engenharia Reversa

Essa abordagem requer que você comece com todo o plano em mente desde o início, fazendo a engenharia reversa em tarefas menores para serem concluídas.

Em seguida, você subdivide ainda mais as tarefas em etapas adicionais, enquanto continua a dividi-las até que tenha ações diárias.

A vantagem desse processo é que ele divide grandes tarefas em pequenos pedaços do tamanho de uma mordida, tornando todo o processo muito fácil de entender.

É mais eficaz para os analíticos ou para as situações em que todo o caminho para a meta pode ser compreendido e mapeado com antecedência.

Qual Abordagem Escolher?

Ambas as abordagens ajudam você a ter sucesso. Elas reduzem a intimidação e a confusão que às vezes estão associados aos objetivos maiores. Especialmente na exploração de um território desconhecido.

Ambas reduzem seu fator de medo, transformando objetivos que são grandes demais para serem agarrados em tarefas diárias ​​que você pode executar facilmente.

Cada estratégia responde às perguntas: “Por onde eu começo?” e “Para onde vou a seguir?” para que você não fique preso na procrastinação.

Passo 6: Persista Até O Objetivo

“Deixe-me contar o segredo que me levou ao meu objetivo. Minha força reside unicamente na minha tenacidade.”
– Louis Pasteur

Depois de escolher sua meta e desenvolver seu plano para alcançá-la, o resto do jogo é simplesmente uma questão de começar e não “largar o osso”.

Cada vez que você completa uma tarefa, está um pequeno passo mais perto de seu grande objetivo.

Continue corrigindo e ajustando até chegar lá com a precisão de um foguete.

Disse o suficiente?

Passo 7: Mantenha o Foco & Revise Suas Metas

Finalmente, a última parte deste ciclo anual é que você deve criar o hábito de atualizar seus objetivos ao longo do ano. Isso significa que você deve revisá-los regularmente e reescrevê-los conforme necessário.

O objetivo desta etapa é manter o foco ao longo do ano, enquanto a desordem da vida tenta desviá-lo do que é importante.

Ao revisar seus objetivos regularmente, você neutraliza todas as forças que estão fora de seu controle e que existem para marginalizar seus planos.

Algumas pessoas gostam de publicá-los na parede, manter uma cópia em sua mesa ou celular. O que for conveniente para te lembrar – regularmente – sobre seus objetivos, para que você mantenha a consciência. Isso é o importante.

Em resumo, o processo de sete etapas que você acabou de aprender foi projetado para fazer uma coisa: tornar a construção metas um hábito. Você deve criar e atualizar habitualmente seus objetivos para retirar todo o valor desta ferramenta incrivelmente eficaz.

Seguindo um processo habitual de definição de metas, você se tornará parte dos 1% que superam os outros 80% por um fator/taxa de 10 a 1.

Você, também, se colocará firmemente no caminho para se aposentar cedo e rico.

Realmente funciona!

Principais Aspectos do Sistema de Definição de Metas

Existem três pontos principais que você deve aprender neste artigo:

  1. Praticar o “estabelecer suas metas” e o “revisar suas metas” é necessário para viver a melhor versão de si mesmo nesta vida. Não usar a tecnologia de definição de metas com o melhor de sua capacidade é simplesmente um desperdício.

“Você deve ter objetivos de longo prazo para evitar que se sinta frustrado por falhas de curto prazo.”
– Charles C. Noble

  1. O estabelecimento de metas envolve sua mente de cinco maneiras diferentes. Isso lhe dá uma vantagem competitiva distinta sobre quem não define e revisa regularmente seus objetivos. Essa vantagem competitiva pode fazer a diferença entre se aposentar cedo e ficar rico ou viver uma vida de mediocridade financeira.
  2. A maneira mais eficaz de obter todo o valor desse sistema é torná-lo um hábito. Defina suas metas pelo menos uma vez por ano e revise-as pelo menos uma vez por mês. Construa um ciclo regular fora do processo para que se torne parte integrante de sua vida. Se você definir metas de maneira aleatória ou irregular, obterá resultados aleatórios e irregulares. Se você definir e revisar seus objetivos regularmente, você os colocará no primeiro plano da sua consciência mental, o que criará resultados lucrativos mais consistentes.

O resultado final é se você deseja se aposentar mais cedo e rico, então o estabelecimento regular de metas deve se tornar parte integrante de sua prática de vida.

O coaching financeiro é uma ótima ferramenta para agregar responsabilidade, apoio e percepção, não apenas para definir metas, mas também para seguir por tempo suficiente para realmente alcançá-las.

Mas e você, tem algum sistemas que gostaria de compartilhar? Deixe-me saber sua opinião e como posso ajuda-lo nos comentários abaixo …

Pin It on Pinterest